Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brazil
Alessandro Braga de Freitas, nascido em 12/06/1974, na Cidade do Rio de Janeiro, formado em Administração de Empresas, Pós Graduado em Administração Estratégica. 13 anos de experiência em empresas de grande porte desenvolvendo gestão nas áreas de Serviços Administrativos, Suprimentos e Negócios Imobiliários. Histórico Profissional: Oi - Telemar Norte Leste Fev.2009- Atual; Brasil Telecom S/A Mar.2001-Jan. 2009; Banco Sudameris do Brasil S/A Jun.2000-Mar.2001; Banco Citibank S/A Mar.1996-Fev.1999

Reportagem on line

Loading...
Loading...

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Profissional

Faltam Líderes nas Empresas (O Líder Criador de Líderes)
O Brasil sofre de apagão profissional (leia-se escassez de talendo humano) há décadas. Isso compromete o desenvolvimento econômico do país, esgota as oportunidades de grande parcela da população e empobrece profissões como medicina, engenharia, administração pública e privada. É sobre a percepção desse apagão que Ram Charan, o renomado consultor e professor da Universidade Havard, escreve em O Líder Criador e Líderes (Campus/Elsevier). Ele expressa de maneira clara e contundente essa situação no mundo todo: "Em todos os níveis, as empresas não têm quantidade nem qualidade suficiente de líderes dos quais precisam. As empresas poderiam preencher a lacuna de liderança com seu próprio pessoal se soubesse como identificar e desenvolver seus verdadeiros líderes potenciais. Não é, entretanto, o que acontece, apesar dos enormes recursos e tempo que alocam para tarefa". O livro oferece um modelo para as empresas reinventarem seus processos de desenvolvimento de lideranças e paa que esses mesmos líderes orientem inclusive a própria carreira. É bem verdade que o autor reconhece que nem todas as pessoas podem se tornar líder. Este é um trabalho que deve ser lido estudado por todos aqueles profissionais sensibilizados com a escassez de profissionais preparados e a ausência de líderes autênticos que assolam o Brasil.

Esporte

Economia